Preguiça-de-bentinho

 (Bradypus tridactylus)

Outros nomes comuns

Preguiça-do-norte
Preguiça-de-três-dedos

Taxonomia

Ordem: Pilosa
Família: Bradypodidae

Descrição

A preguiça-de-bentinho mede 45–75 cm de comprimento, entre a cabeça e o corpo, e possui uma pequena cauda vestigial de 2–11 cm. Seu peso varia entre 3,4–6,5 kg. Os adultos possuem pelos longos, grossos, cinza escuros com manchas escuras nos ombros, costas e quadril. A testa e a garganta são amareladas. Os pelos podem parecer esverdeados devido às algas que aí crescem. Os machos são menores que as fêmeas e podem ser distinguidos pela mancha dorsal (chamada de espéculo) de cor amarelo-alaranjada com uma faixa central preta.

Distribuição

Bradypus tridactylus ocorre na região do Escudo das Guianas, ao leste da Venezuela (a leste e a sul do Rio Orinoco), norte do Brasil (sul do Amazonas/Solimões), Guiana, Suriname e Guiana Francesa. Esta espécie não ocorre a sul do rio Amazonas.

Habitat e Ecologia

Bradypus tridactylus é encontrada em florestas tropicais com diversas espécies de árvores. Foi registrada nos Tepuis (meseta) do Escudo das Guianas.

A preguiça-de-bentinho é estritamente arborícola e restrita às florestas. Esta espécie é aparentemente abundante ao longo de sua distribuição. A densidade populacional estimada varia de 1,7 animais por km² na Guiana Francesa a 221 animais por km² em Manaus, Brasil. Pelo menos 130 indivíduos foram registrados num fragmento florestal isolado de 0,07 km² durante um resgate na cidade de Paramaribo, Suriname.

dieta

Esta espécie é estritamente folívora e se alimenta de folhas do dossel. Sua dieta consiste principalmente de folhas de Cecropia.

Reprodução

Machos e fêmeas atingem a idade reprodutiva entre os três e seis anos de idade. A reprodução é sazonal. Um único filhote nasce após um período de seis meses de gestação. Os nascimentos ocorrem durante a estação chuvosa, entre março e junho. Os jovens se tornam independentes por volta dos cinco meses de idade, contudo permanecem próximos às mães durante o primeiro ano de vida.

Fatos curiosos

Bradypus tridactylus tem uma das taxas de digestão mais lentas conhecida devido ao seu baixo metabolismo, e porque as folhas que consome precisam ser fermentadas em seu intestino. Assim como outras preguiças, ela desce ao solo para defecar e urinar a cada 4–7 dias.

A preguiça-de-bentinho nada bem e pode usar os rios como corredores para alcançar outras áreas da floresta.

Tendência populacional

Desconhecida, mas presumidamente estável.

Ameaças

 Não existem grandes ameaças a esta espécie de preguiça.

Estado de conservação

Bradypus tridactylus é classificada como espécie de Menor Preocupação (LC) em vista de sua ampla distribuição, sua presença em uma ou mais áreas preservadas da bacia Amazônica e por ser, em algumas localidades, relativamente abundante.